COMPANHEIROS HIPÓCRITAS



"E ficaram de espreita. Enviaram espiões que se fingiram de justos, para surpreendê-lo em alguma palavra sua..." (Lucas, 20:20).

Diz um antigo provérbio: "Não há nada de nobre em ser superior a outro homem. A verdadeira nobreza está em ser superior ao que eras anteriormente".

Na realidade, a maioria das pessoas bem-sucedidas na organização da Casa Espírita não pensa em competição, mas constantemente se perguntam: "Estou mais próximo de minha meta hoje do que estava ontem? Estou melhorando? Como posso me aproximar de meus objetivos?".
A melhoria da qualidade de uma instituição não está no espírito competitivo, mas na convicção e no desempenho dos associados e na qualidade de seus processos criativos.
Os companheiros que se fixam em si mesmos ou em seus próprios interesses acabam desprestigiando o grupo, por serem incapazes de ver além do seu proveito pessoal. Dessa forma, os projetos de ação no bem não transcendem o imediatismo egoístico da evidência individualista.
No serviço cristão, onde engrossamos as fileiras do bem, todos somos candidatos à renovação de nossas almas. Nesse labor iluminado, Jesus Cristo comanda nossos passos na evolução.
Entretanto, onde há trabalho há antagonismo, mas para que alguém avalie com certeza e critique produtivamente a respeito determinada empreitada, precisa relacionar a quantidade do tempo de serviço vivenciado dentro dela.
Na ânsia de comandar e dirigir, mas desgostosos por sua incapacidade para tal, muitos companheiros consolam-se atirando pedras para amenizar sua vaidade ferida.
Fomentam armadilhas sondando os insatisfeitos e inconformados, formam grupetos e, como os antigos hebreus, que escolhiam uma cabra do rebanho e sobre ela lançavam seus pecados para que os carregasse, assim também hoje em dia a artimanha do bode expiatório funciona de forma análoga em muitas circunstâncias na equipe de trabalho assistencial cristão.
Muitos se atiram contra os obreiros que não acatam seu comando particular, agridem os companheiros que não seguem seu catálogo pessoal e só cooperam do cume da montanha para a base.
Geralmente, a falsidade e a adversidade, a deserção e a amargura não nascem de nossos rivais conhecidos, mas justamente daqueles que durante anos se nutriram conosco do mesmo pão e nas mesmas fontes da existência.
Os maiores ataques não partem de meios estranhos, mas sim do ambiente mais íntimo, onde a crítica áspera e a inveja, a imprudência e a ingratidão invadem a mente daqueles que convivem conosco no cotidiano. O opositor mais pernicioso é sempre o amigo desajustado.
Lealdade é uma via de mão dupla. Se usarmos de engodo e astúcia para com nossos companheiros de ideal, certamente encontraremos dentro em breve tudo isso nos caminhos da vida.
Não devemos estranhar o assédio desses irmãos transviados, se planejamos, perseverantemente, servir na Seara do Cristo.
Investirão no trabalho, acusando-nos de repressores; criticarão nossas realizações, nomeando-nos de orgulhosos; censurarão nossas interpretações evangélicas, chamando-nos de fascinados; escutarão nossas palavras de afetividade, ironizando sempre.
Não hesitemos, porém, diante do serviço do bem. Mesmo entre vibrações antagônicas, continuemos a aperfeiçoar a qualidade do serviço, tomar iniciativa e estabelecer limites com responsabilidade. Lembremo-nos de que, ante desavenças e dissensões, o tempo sempre será o mais salutar dos remédios.

Livro: Conviver e Melhorar - 38
Batuíra & Francisco do Espírito Santo Neto


14 comentários:

Judite disse... [Responder Comentário]

Ótimo texto, amigo Príncipe.

Se, ao invés de darmos as mãos e caminharmos juntos, alimentarmos as competições no nosso meio, jamais seremos frutíferos para trabalhar na seara.
Se queremos seguir o exemplo do Cristo, temos que trabalhar juntos sempre.

Linda e abençoada semana pra vc!
Deus seja contigo.

http://www.youtube.com/watch?v=iXc-zCwvn5k

Juan disse... [Responder Comentário]

Amigo,

Belo texto. Li e refleti...Jesus Cristo comanda nossos passos na evolução. E digo sem amor não há salvação não tem como evoluir. Se somos seguidores de Cristo temos que tomar a nossa cruz e seguir...a cruz mais pesada são as injúrias, hipocresia e falta de amor.

Te desejo excelente feriado.

Fica com Deus.

Abraços.

CLAUDIA disse... [Responder Comentário]

Olá querido amigo!
Passei por isso e sei bem como é, olhar para Jesus é sempre o melhor balssmo para nossas almas rumo a evolução!
Maravilhoso post!
Parabéns amigo!
Bjos!

hobbyblogclube disse... [Responder Comentário]

Olá, Príncipe!
A vontade de ser, muitas vezes atropela e esmaga a razão!
Abçs!
Rike.

Victinho disse... [Responder Comentário]

Engana-se aquele que deposita sua confiança no ser humano, evidente que ele é falho, isso é tão prejudicial quanto ignorar a existência de Deus, pois ele sim deve ser a base para todas as conquistas daquele que crê.
Abraços,
Vitor.

Chica disse... [Responder Comentário]

Muito bom esse exto que escolheste para trazer. abraços,lindo dia!chica

Histórias & Estórias disse... [Responder Comentário]

Gostei tanto do comentário de Victinho que registro a minha presença aqui, por registrar. Porque faço das palavras dele, as minhas.
Grande abraço!

Samanta disse... [Responder Comentário]

Olá querido amigo !!

Como frequentadora da Casa espírita, já me decepcionei com alguns líderes, justamente por esta busca pelo poder, sem sequer utilizar os ensinamentos de Jesus em suas vidas.
Então perderam-se pelo caminho, pois o que realmente importa é este crescimento espiritual, é a busca pela melhoria de nossas falhas e não um comando passageiro que nada nos acrescentará e só nos manterá estagnados sem nenhuma evolução espiritual.
este comportamento só gera um ambiente carregado, chegando até a atrapalhar o andamento das Obras, peço a deus que ilumine estas pessoas para que elas se dêem conta da preciosidade que estão deixando escapar por entre os dedos.
E isso acontece em qualquer meio, felizmente temos muitas pessoas focadas em trabalhar no Bem e isso nos traz conforto e esperança.
Como sempre, compartilhando textos importantíssimos e relevantes ! Obrigada !!
Um enorme abraço !

Pithan Pilchas disse... [Responder Comentário]

Buenas Principe,

muito verdadeiro o teu texto. A inveja na maioria das vezes parte do ambiente doméstico no qual estamos inseridos, nossa casa, serviço, círculo de amigos e por aí vai. Muitos acham mais fácil criticar e apontar os erros do que ajudar.

Abraço

Paulo

Artigos & Crônicas disse... [Responder Comentário]

Excelente texto, Príncipe!!!
Realmente são os que estão mais próximos de nós, que se opoem às nossas atitudes, porém o tempo esclarecerá todas as coisas.
Não podemos porém, generalizar, pois existem pessoas leais e o texto deixa isso claro... a lealdade deve ser uma via de mão dupla.
Creio que nosso Pai sempre colocará alguém que tenha uma carater de lealdade para caminhar junto conosco.
Obrigada por compartilhar.
Abraços.
Sonia Costa

orvalho do ceu disse... [Responder Comentário]

Oi,
"No serviço cristão, onde engrossamos as fileiras do bem, todos somos candidatos à renovação de nossas almas".
Cheguei da roça e renovada na alma tive por lá dias felizes... espero que os seus também o tenham sido...
Fique com Deus, tenha paz e amor!!!
Abraços fraternais

Arte e Café disse... [Responder Comentário]

Olá amigo Príncipe
Belíssimo texto que leva a reflexão do julgamento antecipado ao próximo !
A superioridade cabe somente a divindade de Deus, devemos seguir sempre com humildade de aprender com sua infinita sabedoria nosso maior legado.
Parabéns por excelente Post !
Grande abraço
Alba

Victor S. Gomez disse... [Responder Comentário]

Hipocrisia tem em todos os lugares. Não aceito de forma alguma. Abraços meu amigo.

Assi Sales disse... [Responder Comentário]

Profundíssimo este texto. Também, escrito pelo NETO do Espírito Santo! Rsrsrs
Prince, meu nobre. Parece que apenas você entendeu o deboche que fiz em meu post 'Proteja o saquinho'. Os demais comentário, cruzes!!! Esse povo ou não lê ou não entende o que lê! Valeu pela percepção, parceiro.

Postar um comentário

Leia as regras:

Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

* Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
* Palavrões e Xingamentos são PROIBÍDOS;
* Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
* Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
* Se quiser deixar sua URL, deixa no campo "Site/Blog", e nao no corpo da mensagem;
OBS: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

 
Site Meter